http://www.facebook.com/l.php?u=http%3A%2F%2F74.222.1.197%3A13742%2F%3Btype%3Dmp3%26volume%3D100%26

Loading...

sábado, 21 de agosto de 2010

Governo Lula distribuirá camisinhas para crianças de 10 anos em escolas públicas


Florianópolis, João Pessoa e Brasília serão as primeiras cidades.

O que você acha de o governo distribuir camisinhas para crianças de 10 anos nas escolas?

Pois é. Esse é o projeto que o Ministério da Saúde está desenvolvendo nas escolas públicas. A máquina corruptora, desenvolvida pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina (IF-SC), foi entregue nesta terça-feira (10 de julho), em Brasília. Uma equipe de “pesquisadores” apresentou o protótipo. O programa do Ministério da Saúde também irá aproveitar um projeto de João Pessoa, na Paraíba.

A instalação do equipamento nas escolas tem despertado muitas opiniões favoráveis do governo, de ONGs sustentadas pelo Estado e da mídia igualmente comprada. A opinião dos pais e mães, cuja maioria se opõe aos esforços do governo de erotizar ainda mais crianças e adolescentes, é literalmente jogada para debaixo do tapete pelo governo e seus aliados gananciosos.

De início, escolas de Florianópolis, João Pessoa e Brasília receberão a máquina, mas a intenção do governo é expandir para todas as escolas do Brasil. Alunos a partir de dez anos terão uma matrícula e receberão da escola uma senha para terem acesso gratuito às camisinhas, pois uma das prioridades do governo é o pleno prazer sexual de crianças e adolescentes.

Extraido - http://www.genizahvirtual.com/2010/08/governo-lula-distribuira-camisinhas.html

Um comentário:

  1. Minha opnião: Na realidade, entendo que deve ser combatida as doenças sexualmente transmissíveis. Porém, é preciso que que se diga que uma campanha desse nível, na minha opnião, traz um incentivo a prostituição que já galopeia nas famílias. O sexo desenfreado tem trazido duras consequencias para vida de muita gente. Uma criança de dez anos, apesar de que com os tempos modernos, elas já estão bem eclarecidas, todavia, não estão preparadas para enfrentar uma vida sexual ativa. Deixo aqui o meu protesto contra essa campanha.

    ResponderExcluir