http://www.facebook.com/l.php?u=http%3A%2F%2F74.222.1.197%3A13742%2F%3Btype%3Dmp3%26volume%3D100%26

Loading...

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

O Nordeste e os Evangélicos já Fazem a Diferença no Brasil



O Brasil como um todo, deve está precisamente consciente de que o Nordeste faz diferença na questão da decisão das eleições. O Nordeste é uma região no Brasil que sempre sofreu uma discriminação por parte dos estados do Sul e Sudeste. Já houve até sugestão e estudo para si dividir destes as regiões do Norte e Nordeste, porém, isso não vingou. O nordestino sempre sofreu preconceitos de vários os tipos por parte de nossos irmãos do Sul como assim é chamado. Agora, há uma grande lição para todo o Brasil com relação à eleição de Dilma Ruesseff. Podemos afirmar categoricamente que o NE fez a diferença. Ela ganhou em todos os estados do Nordeste. O NE foi o referencial, foi o coeficiente. Inclusive, quanto à questão da porcentagem em relação ao candidato Serra. O NE tem liderança política e cabeça pensante. O NE está liberto do voto de cabresto. E podemos afirmar categoricamente o NE é mais Nordeste.
Quanto aos evangélicos, no Brasil já se somam mais de 40 milhões. Se este povo se unir, certamente será um referencial e coeficiente para se decidir qualquer eleição tanto majoritária como presidencial. Isto foi constada agora na eleição no primeiro turno, onde Marina Silva conseguiu uma votação estupenda com relação a sua primeira experiência como candidata a presidência da República. Apesar de alguns direcionamentos que houveram, porém, no Brasil já é possível dizer que a ala protestante é um referencial que queiramos ou não.
Portanto, esses dois proeminentes NE e Evangélicos já são assuntos para serem analisados e estudados por nossos cientistas políticos.

Rev. Cornélio Gonzaga

Um comentário:

  1. É hora do Brasil tomar consciência que somos todos irmãos. Fomos criados à imagem e semelhança de Deus.
    Chega de discriminação e preconceito.
    Precismos amar uns aos outros!

    ResponderExcluir