http://www.facebook.com/l.php?u=http%3A%2F%2F74.222.1.197%3A13742%2F%3Btype%3Dmp3%26volume%3D100%26

Loading...

segunda-feira, 15 de março de 2010

O que é ser feliz? Augusto Cury


O QUE É SER FELIZ?

A vida é uma grande universidade, mas pouco ensina a quem não
sabe ser um aluno...
Ser feliz não é ter uma vida isenta de perdas e frustrações. É ser
alegre, mesmo se vier a chorar. É viver intensamente, mesmo no leito de
um hospital. É nunca deixar de sonhar, mesmo se tiver pesadelos. É
dialogar consigo mesmo, ainda que a solidão o cerque.
É ser sempre jovem, mesmo se os cabelos embranquecerem. É
contar histórias para os filhos, mesmo se o tempo for escasso. É amar os
pais, mesmo se eles não o compreenderem. É agradecer muito, mesmo se
as coisas derem errado. É transformar os erros em lições de vida.

Ser feliz é sentir o sabor da água, a brisa no rosto, o cheiro da terra
molhada. É extrair das pequenas coisas grandes emoções. É encontrar todos
os dias motivos para sorrir, mesmo se não existirem grandes fatos. É rir de
suas próprias tolices.

É não desistir de quem se ama, mesmo se houver decepções. É ter
amigos para repartir as lágrimas e dividir as alegrias. É ser um amigo do
dia e um amante do sono. É agradecer a Deus pelo espetáculo da vida...
Quais dessas características você possui?

Quem conquista uma vida feliz? Será que são as pessoas mais ricas
do mundo, os políticos mais poderosos e os intelectuais mais brilhantes?
Não! São os que alcançam qualidade de vida no palco de sua alma.
Os que se libertam do cárcere do medo. Os que superam a ansiedade
vencem o mau humor, transcendem os seus traumas. São os que aprendem
a velejar nas águas da emoção. Você sabe velejar nessas águas ou vive
afundando?

Nota - Acrescento, todavia, que a felicidade completa é refletida em Cristo.

ALVOS ERRADOS PARA SE ALCANÇAR UMA
VIDA FELIZ
Os nossos maiores problemas não estão nos obstáculos do
caminho, mas na escolha da direção errada...

O DINHEIRO E A FELICIDADE
O dinheiro pode nos dar conforto e segurança, mas ele não compra
uma vida feliz. O dinheiro compra a cama, mas não o descanso. Compra
bajuladores, mas não amigos. Compra presentes para uma mulher, mas não
o seu amor. Compra o bilhete da festa, mas não a alegria. Paga a
mensalidade da escola, mas não produz a arte de pensar.
Você precisa conquistar aquilo que o dinheiro não compra. Caso
contrário, será um miserável, ainda que seja um milionário.

A FAMA E A FELICIDADE
O sucesso no trabalho, na escola, na realização das metas é
fundamental para a qualidade de vida. Mas a fama que acompanha o
sucesso não produz a felicidade! A fama produz aplausos, mas não a
alegria. Produz o assédio, mas não elimina a solidão.
A fama pode se tornar uma armadilha para uma vida feliz, pois
evapora a simplicidade, esmaga a sensibilidade, invade a privacidade. Há
muitos famosos tristes e deprimidos. Lute pelo sucesso e não pela fama. Se
a fama vier, dê pouca importância a ela.

A CULTURA ACADÊMICA E A FELICIDADE
A cultura acadêmica nutre a inteligência, mas não é o alicerce de
uma vida feliz. O aluno sai da escola conhecendo o mundo exterior, mas
desconhecendo o anfiteatro de sua mente.
Ele sabe discursar sobre o mundo físico, mas não sabe falar de si
mesmo. É um gigante na ciência, mas um frágil menino diante de suas
perdas e desafios. O mundo acadêmico está em crise. Ele dá diplomas, mas
não prepara os jovens para a escola da vida. Você está preparado apenas
para as vitórias ou também para as derrotas?

O PODER E A FELICIDADE
O homem sempre amou o poder, mas poder não produz uma vida
feliz. Uma pessoa pode dirigir uma nação ou uma grande empresa com
habilidade, mas pode não ter nenhuma competência para governar sua
emoção.
Hitler queria dominar o mundo porque nunca dominou seu próprio
mundo. Mesmo quem conquista o poder político pela via democrática pode
ser um péssimo líder de si mesmo. O seu maior desafio na vida não é
liderar a Terra, mas seu próprio ser.

O TRABALHO E A FELICIDADE
Trabalhar com alegria, dedicação e criatividade é um bálsamo para a
vida. Mas devemos trabalhar para viver e não viver para trabalhar.
Algumas pessoas são workaholic, viciadas em trabalhar. Sonham, almoçam
e respiram trabalho.
Elas têm tempo para tudo, menos para si mesmas. Não admitem a
falência da empresa, mas pouco se importam com a falência de suas vidas.
Livre-se de ser um viciado em trabalho! A não ser que queira ser o
mais competente do cemitério!

A SEGURANÇA E A FELICIDADE
Muitos fazem seguro da casa e do carro. Eles se protegem contra
assaltos e acidentes, mas se esquecem de proteger sua emoção contra o
estresse e os problemas da vida. Que contraste! Por isso, qualquer coisa
assalta-lhes a tranqüilidade... Você percebe o quanto seus problemas
roubam sua alegria e paciência?
Sem proteger a emoção, alcançar uma vida feliz é uma ilusão. Como
fazer isso? Espere, vou ajudá-lo! Antes disso, vamos fazer um mapeamento
da qualidade de vida.

O PADRÃO DE QUALIDADE DE VIDA
Quem é exigente com a qualidade dos produtos, mas não com a sua
qualidade de vida, trai a sua própria felicidade...
Nas próximas páginas comentarei a relação de sintomas psíquicos e
psicossomáticos que uso nas minhas pesquisas e que comprometem a qualidade de vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário