http://www.facebook.com/l.php?u=http%3A%2F%2F74.222.1.197%3A13742%2F%3Btype%3Dmp3%26volume%3D100%26

Loading...

sábado, 23 de janeiro de 2010

Lição EBD - 1a. IP de Paulo Afonso - Domingo: 25.01.10

ESBOÇO

Texto - Atos 4: 18 -31

Assunto – A Importância da Oração e Assistência do Espírito Santo

INTRODUÇÃO – A oração é um meio eficaz pelo qual o povo de Deus é utilizado a buscar respostas para todas as circunstâncias adversas e a ferramenta pela qual Deus disponibiliza para abençoar o seu povo.

I. A OPOSIÇÃO DOS JUDEUS:

1. Proíbem que os apóstolos não ministrem e nem falem em nome de Jesus – VV 18 – 20
2. O que importa? Obedecer a Deus ou aos homens? – V 19
3. O Parecer sensato do mestre Gamaliel – At. 5. 33-39

II. A FÚRIA DOS GENTIOS CONTRA JESUS CRISTO:

1. Eles haviam se levantado contra Deus e seu Ungido. Na oração de poder eles colocaram essa questão – VV 24 – 27;
2. Apesar da morte de Cristo já ser um desígnio de Deus;
3. Uma síntese do Salmo 2.

III. A SÚPLICA PELO PODER DE DEUS E AÇÃO DO ESPÍRITO SANTO SOBRE A IGREJA:

- Envolve algumas providências que seriam imediatas:
1. Contempla as suas ameaças...;
2. Concede intrepidez (sem temor, coragem, ousadia) na proclamação da Palavra;
3. Operação de curas, sinais (advertência, aviso, marca) e prodígios (algo sobrenatural);
4. A prova da resposta de Deus é que tremeu o lugar onde estavam reunidos;
5. Todos foram cheios do Espírito Santo;
6. A comunicação do evangelho com intrepidez foi imediata – VV29-31.

CONCLUSÃO – Diante do exposto somos desafiados a tomar o exemplo da igreja primitiva, embora não podemos ser como eles, devido ao contexto, porém lembremos que somos sal e luz. E quando aparecer as circunstâncias impedindo-nos de servir a Deus, tenhamos coragem e fé para clamar o Senhor dos céus que pode vir em nosso socorro imediatamente. Pensemos nas palavras do Salmo 46 1-3, 6 e 7: “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia. Pelo que não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se projetem para o meio dos mares; ainda que as águas rujam e espumem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza. Bramam nações, reinos se abalam; ele levanta a sua voz, e a terra se derrete.O Senhor dos exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário