http://www.facebook.com/l.php?u=http%3A%2F%2F74.222.1.197%3A13742%2F%3Btype%3Dmp3%26volume%3D100%26

Loading...

sábado, 9 de janeiro de 2010

Movimento Gótico - O que significa












Nesta pequena explanação queremos dar algumas informações do significado gótico, pessoas que se consideram góticas ou seguem esse sistema ou movimento:
Gótico (do latim medieval gotticu) é o adjetivo que designa o que é proveniente, relativo, criado ou usado pelos Godos, assim denominado o povo da respectiva tribo germânica. v.g. idioma gótico = germânico , alfabeto gótico ou letra gótica.
Além de seu significado original, o vocábulo ganhou modernamente a conotação de "duro, bárbaro". A palavra gótico tem sido usada desde o século XVIII para se referir a coisas diferentes, distintas.
Gótico pode ser:
Gótico - uma língua germânica;
Estilo gótico - Um estilo artístico do norte, que floresceu na Europa do século XV, e que se caracteriza por elementos decorativos lanceolados lembrando chamas. (O desenho foi retomado na arte contemporânea sob o nome neogótico);
Literatura gótica - Um gênero literário britânico do fim do século XVIII e início do século XIX, trazido de volta pelos vitorianos cem anos depois.
Fonte – Wikipédia

No dicionário de Aurélio a palavra para gótica quer dizer: Adjetivo.
1.Relativo a godos ou proveniente deles.
2.Criado ou usado pelos godos. ~ V. abóbada —a, alfabeto —, estilo —, letra —a, romance — e tipo —.
Substantivo masculino.
3.V. estilo gótico.
4.Gloss. Língua dos godos. [V. germânico (4).]
Gótico antigo. 1. Arquit. V. romão (2).
Gótico flamejante. 1. Estilo gótico que floresceu no séc. XV, e se caracteriza pela presença de elementos decorativos, especialmente formas lanceoladas, à feição de chamas; gótico florido.
Gótico florido. 1. Gótico flamejante.

O gótico designa uma fase da história da arte ocidental, identificável por características muito próprias de contexto social, político e religioso em conjugação com valores estéticos e filosóficos e que surge como resposta à austeridade do estilo românico.
Este movimento cultural e artístico desenvolve-se durante a Idade Média, no contexto do Renascimento do Século XII e prolonga-se até ao advento do Renascimento Italiano em Florença, quando a inspiração clássica quebra a linguagem artística até então difundida. Os primeiros passos são dados a meados do século XII em França no campo da arquitectura (mais especificamente na construção de catedrais) e, acabando por abranger outras disciplinas estéticas, estende-se pela Europa até ao início do século XVI, já não apresentando então uma uniformidade geográfica.
A arquitectura, em comunhão com a religião, vai formar o eixo de maior relevo deste movimento e vai cunhar profundamente todo o desenvolvimento estético.
Fonte: Wikipédia

O termo
Quando a nova estética se expande além das fronteiras francesas, a sua origem vai ser a base para a sua designação, art français, francigenum opus (trabalho francês) ou opus modernum (trabalho moderno). Mas vai ser só quando o Renascimento toma o lugar da linguagem anterior que os novos valores vão entrar em conflito com os ideais góticos e o termo actual nasce. Na Itália do século XVI , e sob a fascinação pela glória e cânones da antiguidade clássica, o termo gótico vai ser referido pela primeira vez por Giorgio Vasari, considerado o fundador da história da arte. Aos olhos deste autor e dos seus contemporâneos, a arte da Idade Média, especialmente no campo da arquitectura, é o oposto da perfeição, é o obscuro e o negativo, relacionando-a neste ponto com os Godos, povo que semeou a destruição na Roma antiga em 410. Vasari cria assim o termo gótico com fortes conotações pejorativas, designando um estilo somente digno de bárbaros e vândalos, mas que nada tem a ver com os antigos povos germânicos (visigodos e ostrogodos).
Somente alguns séculos mais tarde, durante o romantismo nas primeiras décadas do século XIX, vai ser valorizada a filosofia estética do gótico. A arte volta-se novamente para o passado, mas agora para o período misterioso e desconhecido da Idade Média...
Fonte: Wikipédia

A Filosofia da Luz e a Abadia de Saint-Denis
O colorido e a exaltação da luz na rosácea de Sainte-Chapelle, Paris. O nascimento do estilo, mais que o seu desaparecimento, pode ser definido cronologicamente com clareza, nomeadamente no momento da reconstrução da abadia real de Saint-Denis sob orientação do abade Suger entre 1137 e 1144. Esta abadia beneditina situada nas proximidades de Paris, em França, vai ser o veículo utilizado à comunicação dos novos valores simbólicos: por um lado a dignificação da monarquia, por outro a glorificação da religião. Este empreendimento tem por objectivo apresentar o maior centro patriótico e espiritual de toda a França, ofuscando todas as outras igrejas de peregrinação, trazendo para si mais crentes e restabelecer a confiança entre a igreja e o seu rebanho... A pintura gótica, uma das expressões da arte gótica, não assume um papel de destaque logo desde o início do desenvolvimento do estilo. Apareceu apenas em 1200 ou quase 50 anos depois do início da arquitetura e escultura góticas. Só mais tarde, entre 1300 e 1350, a pintura tem o seu apogeu como expressão independente da arquitetura...
Arquitectura
Em Portugal, o estilo gótico aparece no último quartel do século XII, com as obras do Mosteiro de Alcobaça (começado em 1178 e habitado a partir de 1222). O Mosteiro, fundado pelo primeiro rei de Portugal, D. Afonso Henriques, para a Ordem Cisterciense, é a primeira obra totalmente gótica de Portugal. Entretanto, a dissolução do estilo românico pelo gótico ocorreu lentamente, havendo muitas igrejas portuguesas de estilo de transição românico-gótico datando do século XIII e até do século XIV.
O gótico e os descobrimentos
Sé do Funchal (séc.XV-XVI)Durante o século XV e início do século XVI, os estilos gótico e manuelino foram levados pelos portugueses a seus domínios d'além mar, particularmente as ilhas atlânticas dos Açores e Madeira.
Neogótico
Vista da Abadia de Westminster em Inglaterra. As torres são neogóticas (séc XVIII).Dentro do espírito revivalista do Romantismo surge o gosto pela recriação de elementos da arte medieval, especialmente do gótico. Particularmente em Inglaterra esta nova corrente tem grande adesão, iniciando já em finais do século XVII com a aplicação de ornamentação ao estilo gótico em algumas construções novas.
Fonte: Wikipédia

Neogótico no Brasil
Conjunto arquitetônico Nossa Senhora da Piedade, em Ilhéus, Bahia. (séc XX).
Catedral da Sé de São Paulo (séc XX).Edificações góticas autênticas não existem no Brasil, mas o revivalismo neogótico popularizou-se a partir do reinado de D. Pedro II. Uma das igrejas neogóticas brasileiras mais antigas é a Catedral de Petrópolis, começada em 1884 mas só concluída em 1925, que abriga os túmulos do Imperador e sua família. Outro exemplo precoce é a Igreja do Santuário do Caraça, em Minas Gerais, reconstruída em estilo neogótico entre 1860 e 1885. No Rio de Janeiro, o pitoresco Palácio da Ilha Fiscal foi construído entre 1881 e 1889 sobre uma ilha na Baía da Guanabara. A Catedral da Sé de São Paulo (1913-1954), a Catedral de Santos (1909-1967), a Catedral de Belo Horizonte (começada em 1913) e a Catedral Metropolitana de Fortaleza (1938-1978)são exemplos de edifícios neogóticos tardios. O neomanuelino (variante portuguesa do neogótico) está representado no Brasil em edifícios como o Real Gabinete Português de Leitura (1880-1887), no Rio de Janeiro, e o Centro Português de Santos (1898-1901).
Fonte: Wikipédia

Gótica – Uma maneira diferente de encarar a vida
Roupas pretas, gosto pela melancolia, tristeza, fazer saraus em cemitérios... Estas podem ser as características para se definir uma pessoa gótica. Mas será que realmente existe uma definição?
Segundo muitos não existem uma verdadeira definição para o que é ser gótico; pois não é um movimento e assim não há características pré-definidas para serem listadas. O termo surgiu há muito tempo, com os Godos, um povo germânico vulgarmente chamado de Bárbaros e que foram os primeiros germânicos a se converterem ao cristianismo. Mesmo esse povo e sua cultura não tendo nada em comum com o estilo gótico é sempre bom lembrar a origem do termo.
http://www.spectrumgothic.com.br/gothic/materias/maneira_diferente.htm

Um Testemunho:
Enviado: 22/jul/05 12:24 - Citar
Nos países mais frios existe realmente uma cultura gótica, pessoas que andam de preto, usam maquiagem pesada na cara e lamentam da vida. Mas ai você vai ver o Brasil, 40 graus, miséria, pais tropical e você vê garotas e garotos vestidos de preto sob o sol do meio dia, dizendo ser góticos. Pessoalmente acho que isso é uma forçar barra dizer que é gótico... O que vocês acham dos "góticos" brasileiros?

Frases góticas
1. Não tenha medo da morte, pois ela é a libertação. Quando se sentir triste e sem solução saiba que chegou o momento de se libertar! (15.01.97)
2. Hoje sou apenas uma pessoa sem rumo e inconsciente que esta perdida entre os mundos e que só deseja se libertar de um demônio. Dizem que se ao menos eu tentasse talvez conseguiria me libertar, mas mesmo procurando luz me perderei entre as sombras, pois não tem como se escapar de algo que faz parte de você e que te domina!
3. Diante de ti aparecerá a tão temida criatura com aparência ingênua e um olhar profundo que irá te hipnotizar entrando na sua mente e fazendo de você o mais novo servo.
4. Em seus sonhos ELE entrará e te levará ao labirinto das trevas e lá possuirá sua alma!
jhesshica 22-07-2008 GTM 1 @ 20:57 - Nire Blog

Desabafo de um gótico
Janeiro 7, 2009:
Queria ser uma pessoa boa... Queria poder ser verdadeiro sem provocar dor, queria entender o que se passa por dentro, e o que se passa por dentro dos outros também,
Entender porque desejo a solidão, porque odeio a solidão, ter um voto de confiança sem ter que provar sanguinariamente por isso, esquecer a dor da confiança que se perdeu...
Quero ser frio, quero me importar, ser forte, ser vulnerável, não ter que escolher por um, ou outro, não ser comum, ordinário, sem esperar ser extraordinário.
Entender o que foi e porque tudo perdeu o sentido, descobrir o que é melhor pra mim, sem machucar ninguém, sem decepcionar ninguém, sem me decepcionar, não criar expectativa, não gerar expectativas.
Entender meus desejos, meus medos, e ser entendido...
Vai entender!!!
Desabafo por Gøthïc 8:52 AM [+] ::
Blog – Coração Gótico

O meu parecer:
Acredito que as pessoas têm a liberdade de expor seus desejos, sentimentos, emoções, vontades, liberdades e credos. Parece tudo indicar que o Gótico parece ser mais um movimento. Não é uma religião e sim um movimento diria “literário” - Convém lembrar aqui que toda liberdade de pensamento precisa estar respaldo com a consciência bíblia. São Paulo nos escreve uma orientação formidável para nossas vidas:
“Portanto, quer comais quer bebais, ou façais, qualquer outra coisa, fazei tudo para glória de Deus” - I Coríntios 10:31.

Abaixo algumas fotos de pessoas que se consideram góticas:

Nenhum comentário:

Postar um comentário