http://www.facebook.com/l.php?u=http%3A%2F%2F74.222.1.197%3A13742%2F%3Btype%3Dmp3%26volume%3D100%26

Loading...

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Missões 1


Texto - Mateus 9.35-38
35 E percorria Jesus todas as cidades e aldeias, ensinando nas sinagogas deles, e pregando o evangelho do reino, e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo.
36 E, vendo a multidão, teve grande compaixão deles, porque andavam desgarrados e errantes, como ovelhas que não têm pastor.
36 Então, disse aos seus discípulos: A seara é realmente grande, mas poucos os ceifeiros.
38 Rogai, pois, ao Senhor da seara, que mande ceifeiros para a sua seara”.

INTRODUÇÃO: Osvaldo Smth - “Foi chamado de o principal missionário estadista desta geração – Todos os seus livros escritos em resposta a ‘O clamor do mundo’. É o homem que Deus usa, acalma e traz respostas a esse clamor. paixão pelas almas é um testemunho sobre a interversão de Deus em favor desse mesmo mundo que perece. Esse clamor universal do coração levou o a desenvolver o ministério de evangelismo em muitas regiões do mundo. Em sua pátria, cada membro de sua congregação teve inúmeras oportunidades de constatar a paixão desse guerreiro. Até a data de seu falecimento seu ministério havia contribuído para o sustento de cerca de 350 missionários e até a data recente mais de 6 milhões de dólares haviam sido destinados para a causa” - (Reverendo Jack MCAlister)”.

TEMA: Missões

I. A ESPANSÃO (IMENSIDÃO) DA SEARA (V.37 a)
1. A Seara – uma figura: tinha alusão com o povo judeu. Mais tarde tem a inclusão de todo mundo (Marcos16.15; Mateus.28.18-20).
2. O mundo todo tem buscado resposta da igreja para sua necessidade espiritual.
- Russel Champlim diz que “os homens que deixam a Seara (no sentido material) sem ceifa-la, devem ser considerados, insensatos, pervertidos, ou pelo menos negligentes.”;
3. Jesus através de seu ensino nas parábolas, principalmente do “semeador” – esse simbolismo implica numa dinâmica na pregação da palavra, utilizando todos os meios.
“O evangelista Osvaldo Smth faleceu no ano de 1986. atualmente, a igreja dos povos em Toronto, Canadá, sobre a direção do evangelista Paul Smth (filho de Osvaldo Smith) contribui para o sustento de cerca de 850 missionários. No ano de 1992 foram levantados cerca de 2 milhões e 500 mil dólares para missões.”
Aplicação: como nos comportamos diante da imensidão da Seara...?

II. A CARÊNCIA DE OBREIROS NA SEARA (V. 37b)
1. Analisando João 44:35 - Jesus afirma: “Erguei os vossos olhos...” – mostram-nos que devemos ter a visão do reino de Deus.
“Os trabalhadores são poucos” – para todas as carreiras a concorrências entre os homens a milhares de excedentes procurando vagas nas universidades, mais para o ministério a mais urgente e de todas as vocações, poucas pessoas se oferecem“. – R. Shed.
2. Na época de Jesus, existiam muitos religiosos (como hoje nas nossas igrejas) mas crentes autênticos e diligentes eram poucos...
3. Hoje, dentro de nossas igrejas, encontramos as pessoas fugindo das responsabilidades outorgadas... Outros fazendo a obra do Senhor negligentemente (Jeremias 48.10).
4. Há descomprometimento com a obra... Outra pessoa faz. E eu o que estou fazendo?
“Também uma outra característica missionária de Deus é que ele é um Deus que envia como já disse John Stott: o nosso Deus é um Deus que envia, ele tem enviado o Senhor Jesus Cristo e agora envia sua igreja para alcançar as nações da terra... a visão de Deus é universal, porém sem ser universalista, Deus está preocupado com todas as etnias da terra, com todas as nações, tribos, raças e línguas”. (Ehud Garcia).
Aplicação: Quem está pronto a dizer como Isaias: “... eis-me aqui. Envia-me a mim” - Todavia, a solução é apresentada no versículo 38 de Mateus 9: “Rogai, pois, ao Senhor da seara, que mande ceifeiros para a sua seara”.

III. A INTERCESSÃO PELA SEARA (V.38)
1. Em meio às questões tratadas anteriormente, a solução aparece: “Rogai, pois, ao Senhor da Seara para que envie (mande) ceifeiros para sua Seara.”
- Deus é o Senhor.
- Nem sempre falando e exortando, resolve...
- É preciso interceder:
2.1. Vejamos a mensagem de Ezequiel 22.30: “E busquei dentre eles um homem que estivesse tapando o muro, e estivesse na brecha perante mim por esta terra, para que eu não a destruísse; porém a ninguém achei”.
2.2. Vejamos também a mensagem do apostolo Paulo, homem, profundamente comprometido com o trabalho missionário (2 Tessalonicenses 3.1): “No demais, irmãos, rogai por nós, para que a palavra do Senhor tenha livre curso e seja glorificada, como também o é entre vós”.
“É chegada a hora de produzimos uma teologia de missões dentro do nosso conceito de fazer missões... ouçamos a voz do Espírito Santo através de sua palavra revelada. Está chegando a hora de erigirmos a nossa missiologia, e de orarmos a Deus a fim de que, neste momento de reflexão e esforço missionário, os anais da nossa IPB possam dar uma parcela importantíssima para o cenário evangélico brasileiro e também dos arredores do mundo.” (Reverendo Ehud Marques).

CONCLUSÃO – Será que estamos receptivos ao trabalho de Deus? Não podemos traçar o nosso perfil de vida cristã. Deixemos que Deus o trace. Temos que acatar o que Deus quer. Procuremos ver aquilo que está no coração de Deus. Ele fez de Jesus um missionário. Que Deus nos ajude a sermos de fato missionários e semeemos a boa semente do reino. Amém!

Rev. Cornélio Gonzaga

Nenhum comentário:

Postar um comentário